CORPO FEMININO – PRAZER E DOR NA FORMATAÇÃO DAS SILHUETAS

Aline Monçores, Monique Hellen

Resumo


   Este trabalho é parte de um estudo de iniciação científica, o qual analisa as mudanças ocorridas no corpo feminino a partir de demandas dos padrões de gosto vigente em diferentes épocas, tendo as formas do corpo como um objeto de modismo e o vestuário como aliado à estas alterações.

O estudo justifica-se devido ao corpo tornar-se um campo de exploração formal diversificado. Tido como representação de uma identidade, o corpo é hoje também considerado um “capital” que distingue os sujeitos e ao mesmo tempo os posiciona socialmente, o corpo fala sobre práticas e escolhas. Como meio de comunicação, o corpo torna-se um aliado fundamental da moda no contemporâneo, sendo um veículo além do vestuário

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.