Expropriação de imóveis rurais e urbanos enquanto sanção por uso de trabalho análogo ao escravo

Willian Andriola, Elizabet Leal da Silva

Resumo


O presente trabalho busca examinar a evolução do combate ao trabalho análogo ao escravo no Brasil, com foco na análise do Projeto de Lei do Senado 432/13, tendo como principal função verificar se o referido projeto PLS 432/13 é um avanço, por regulamentar a Emenda Constitucional n°81 e trazer ao âmbito jurídico um conceito legal ao trabalho escravo, extinguindo a subjetividade imposta anteriormente, auxiliando assim, no cumprimento da lei, ou retrocesso às políticas públicas do Estado de prevenção e combate ao trabalho análogo ao escravo, isto, porque, o presente projeto pretende excluir o termo ‘’trabalho degradante’’, um dos principais princípios utilizados no combate ao trabalho análogo ao escravo no Brasil. Assim como relembrar uma breve evolução das medidas utilizadas no combate, mais especificamente sobre a evolução do termo ‘’trabalho degradante’’.
Palavras-chave: Trabalho Escravo. Trabalho degradante. Retrocesso. Evolução.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.