ASPECTOS DA ALIMENTAÇÃO DA ICTIOFAUNA CAPTURADA NOS CURRAIS-DE-PESCA DA BAÍA DE GUANABARA, ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Amanda Riguetti Corrêa, Marianna Montennegro Bello, Magda Andrade Tubino

Resumo


   A baía de Guanabara é um complexo sistema costeiro de grande importância histórica, econômica, cultural e ambiental e, apesar da intensa poluição e degradação continua, há nela grande produção pesqueira. De acordo com Jablonski et al. (2006), o curral é uma armadilha fixa, voltada para a captura de peixes demersais e é uma das principais artes de pesca contínua na baía de Guanabara.

Estudos de ecologia trófica são fundamentais para o entendimento da função dos elementos em seus ecossistemas (BLABER, 2000).

De acordo com Silva Junior et al (2013) por ser abundante, de fácil captura, importância econômica, tolerante as variações ambientais e impactos humanos, não realiza migrações, e exibir baixa variabilidade interpopulacional, G. genidens é considerado uma espécie sentinela, importante ferramenta para o estudo de ecossistemas estuarinos.

Morasche et al. (2010) consideram M. furnieri uma espécie com preferência alimentar generalista-oportunista. Por ela ser uma espécie de importância econômica na baía (Jablonski, 2010), é importante que sejam realizados estudos contínuos. O objetivo é caracterizar a alimentação das espécies Genidens genidens, G. barbus e Micropogonias furnieri capturadas em currais-de-pesca na baía de Guanabara no estado do Rio de Janeiro.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.